Blog

Talentos! Já os identificou nos seus filhos?

18 de março de 2019
Nenhum comentário

Talentos são habilidades. Ou que temos de forma natural, tem a ver com os nossos dons, ou de forma desenvolvida e aperfeiçoada através dos processos de aprendizagem ao longo da vida.
Mas, talento é tudo aquilo que fazemos muito bem, que nos proporciona destaque, tanto pessoal como profissional e que geralmente sentimos orgulho em dizer que temos ou que sabemos fazer.
Nós, adultos, deveríamos identificar de forma mais fácil e rápida os nossos talentos, exatamente pelo tempo que estamos aqui e por tudo que já aprendemos, além de toda a experiência vivida. Entretanto, nem todos reconhecem facilmente seus talentos.
Já os mais jovens, que ainda estão na fase de estudos. É compreensível que tenham maior dificuldade, pois a grande maioria ainda nem conseguiu definir uma carreira a seguir. Por esse motivo, os seus talentos podem não estar totalmente prontos e desenvolvidos.
É bastante normal o jovem demonstrar muita dificuldade em responder, quando questionado pelos pais, amigos, professores, profissionais da área de desenvolvimento profissional, sobre o que gostam de fazer ou o que fazem bem e sentem orgulho de fazer bem.
Essa é uma pergunta muito comum nessa fase e que ajuda a pensar e refletir sobre a carreira que irá seguir. Entretanto, quando se está só começando, essa pergunta fica muito difícil de ser respondida.
O fato é que os nossos talentos são muito importantes e precisamos dar atenção especial a eles, pois são e serão responsáveis pela maioria das nossas realizações, assim como, responsáveis por boa parte do nosso bem-estar e elevação da autoestima.
Diante da importância do assunto, gostaria de deixar algumas dicas sobre como identificar os talentos dos seus filhos, e também, como podem ser desenvolvidos.

Identificando os talentos dos seus filhos

Podemos começar com a atenção aos filhos. Estou certa que, todo pai e mãe, consegue descrever, relativamente bem, o caráter e a personalidade dos filhos. São capazes de perceber nos filhos, o que gostam de fazer e aquilo que detestam. E esse é o primeiro sinal da direção que poderão tomar.
Outra forma é estimulando seus filhos a realizarem todo o tipo de atividade possível, desde um simples ato de lavar a louça, até atividades mais elaboradas, como pintar uma parede, reparar vazamentos, ou mesmo elaborando um contrato de prestação de serviços para a empregada ou o jardineiro.
Coloque seus filhos em situações desafiadoras. Peça que tomem decisões sobre alguma coisa, algum assunto da casa, ou resolvam algum tipo de impasse, do tipo: O que você faria se…?
Todas são atividades simples, mas que podem aflorar tendências de comportamentos específicos a determinados talentos.
Porém, há outras formas mais profissionais para identificar talentos. É através do uso de ferramentas de análises de perfis comportamentais. Os chamados Assessment, e existem várias no mercado que podem traçar o perfil comportamental, possibilitando conhecer em quais áreas, seus filhos, possuem maior desenvoltura para atuar, pessoalmente ou profissionalmente.

É melhor prevenir

É certo que, mesmo sem todos esses cuidados, muitos se desenvolvem sem maiores problemas. Contudo, não é nada raro encontrar adultos que não tem a menor ideia dos próprios talentos. Se questionados, gaguejam ou demoram uma eternidade para citar uma ou duas coisas que dizem fazer bem, mas sem nenhuma convicção.
Se você pode auxiliar o seu filho a descobrir, o quanto antes, o caminho para os seus talentos. Faça-o!
Vivemos em tempos de muitas competições e disputas pessoais e profissionais. Quanto antes o seu filho estiver preparado para todos os desafios, melhor para ele e certamente para você, como pai e mãe.
Gostou do texto? Acha que ele pode ser importante para seus amigos?
Compartilhe em suas redes sociais. Tenho outros artigos em meu Blog.
E se você me permitir. Até a próxima!
Adriana Oliveira

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*