Blog

Decisões e Escolhas – “O Universo é um caminho de infinitas possibilidades”

28 de maio de 2019
Nenhum comentário

Tomar decisões e escolhas pode ser uma tarefa muito difícil, mas há quem as tome de forma mais leve. Será que estas pessoas possuem algum dom especial? Ou seria somente uma forma mais simples de interpretar tais situações?
Certamente que não estou me referindo às pequenas decisões do dia-a-dia. Coisas corriqueiras como o que fazer para o jantar, ou se meu filho deve ou não levar blusa e guarda-chuva ao sair.
Digo àquelas decisões que podem impactar toda uma vida, principalmente quando estas vidas são as nossas ou dos nossos filhos.
Então vamos lá! Vou passar algumas dicas que podem ajudar muito a simplificar o que for possível na hora de decidir.
Em meu artigo anterior: Você tem sabido aconselhar seus filhos? Escrevo como pode ser difícil e perigoso aconselhar nossos filhos, e opto por sempre usar da imparcialidade, expor possibilidades e deixar que ele decida.

Aconselhe sem compromisso

Então, a minha primeira dica para facilitar o processo de decisão, tem a ver com o aconselhamento, mas usando a imaginação.
Há um artigo publicado no The New York Times que trata, com muita ênfase e autoridade, sobre isso. Sugiro que leia!
Resumidamente, a autora, Professora Francesca Gino, sugere que finja estar dando conselhos a um amigo! Mas, por que usar esse recurso?
Porque toda decisão envolve questões emocionais e quando dizem respeito a nós mesmos ou aos nossos filhos, sempre vem carregada com alto nível de estresse.
Portanto, ao fingir que está apenas dando um conselho a um amigo ou conhecido, a carga emocional é automaticamente reduzida, além de possibilitar melhor clareamento da situação.

Vestido, sapatos, bolsas e acessórios! Quais?

Outra dica bem interessante é limitar a quantidade de informações. Quanto mais informações, mais confusa e difícil se torna a decisão e a escolha. Quer ver um exemplo:
Você vai sair pela manhã, abre seu armário de sapatos e nele você depara com enorme quantidade de opções. Pronto! Escolher sobre qual irá usar vai ser uma tarefa longa e desgastante. Pois, a cada par que você considerar, outras decisões e escolhas estarão atreladas a ela, como: Qual cinto combina com este sapado, qual vestido, qual bolsa, quais acessórios? Nós, mulheres, sabemos bem disso!
Viu só! Se você tivesse poucos pares, seria tudo mais rápido e com muito menos dúvidas. Então, remeta a mesma ideia às suas decisões e escolhas.

Decisões e escolhas possíveis

Outra ideia simples é a lista de possibilidades de prós e contras.
A cada possibilidade sobre a decisão a ser tomada, faça duas listas, uma com os pontos a favor e outra com os pontos contra.
Esse exercício torna tudo mais claro e consequentemente, facilita a tomada de decisão.
Entretanto, se mesmo assim está difícil de decidir, proponho uma saída radical. Mas essa será apenas para os corajosos.
Quebre qualquer paradigma ou tendência corriqueira e habitual. Decida pelo menos provável, vá para o caminho oposto, saia da zona de conforto e opte pelo desafiador.
Bem, eu disse que era para os corajosos e não estou brincando. Pode ser tudo mais arriscado, mas os benefícios podem ser excepcionais. Você pode descobrir novos caminhos e novas possibilidades.
O universo é um caminho de infinitas possibilidades, se você não se arriscar, talvez nunca descubra tudo que ele pode lhe proporcionar.
E se você permitir. Até a próxima!
Adriana Oliveira
Gostou do texto? Acha que ele pode ser importante para seus amigos?
Compartilhe em suas redes sociais. Tenho outros artigos em meu Blog.

COMENTÁRIOS:

Nenhum comentário foi feito, seja o primeiro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*